Papa

Aqui estão reunidas notícias do Papa, das suas actividades e viagens.

Texto integral do discurso do Papa aos Chefes de Estado da União Europeia

(ZENIT – Cidade do Vaticano) – O Papa Francisco recebeu na tarde desta sexta-feira no Vaticano, os Chefes de Estado … >> continuar a ler

“Confessionário não é lavandaria onde tirar manchas”

“Ser perdoados e perdoar: um mistério difícil de entender. É preciso oração, arrependimento e vergonha”. A afirmação é do Papa, na … >> continuar a ler

“Somos ‘católicos ateus’ quando temos o coração duro”

Escutar a Palavra de Deus para evitar o risco de que o coração se endureça – disse o Papa durante … >> continuar a ler

“O centenário não estaria completo sem a canonização”

“Uma coincidência providencial”, disse ontem, dia 23, o bispo de Leiria e Fátima sobre a aprovação do milagre necessário para … >> continuar a ler

Quaresma 2017 | Mensagem Integral do Papa Francisco

No tempo da Quaresma, que agora se inicia, leia aqui a Mensagem do Papa.

Início da Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2017

    A Quaresma é um novo começo, uma estrada que leva a um destino seguro: a Páscoa de Ressurreição, a vitória de Cristo sobre a morte. E este tempo não cessa de nos dirigir um forte convite à conversão: o cristão é chamado a voltar para Deus «de todo o coração», não se contentando com uma vida medíocre, mas crescendo na amizade do Senhor. Jesus é o amigo fiel que nunca nos abandona, pois, mesmo quando pecamos, espera pacientemente pelo nosso regresso a Ele e, com esta espera, manifesta a sua vontade de perdão. A Quaresma é o momento favorável para intensificarmos a vida espiritual através dos meios santos que a Igreja nos propõe: o jejum, a oração e a esmola. Na base de tudo isto, porém, está a Palavra de Deus, que somos convidados a ouvir e meditar com maior assiduidade neste tempo. Leia a Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2017

“A Palavra é um dom. O outro é um dom”

Texto integral da Mensagem do Santo Padre Francisco para a Quaresma 2017 Amados irmãos e irmãs! A Quaresma é um … >> continuar a ler

“Cuidar da esperança de cada dia, não à religião-espectáculo”

O Papa Francisco presidiu a missa matutina na Casa Santa Marta na manhã desta quinta-feira (10/11) e, como habitualmente, centrou a sua homilia nas leituras do dia. No Evangelho, Jesus responde aos fariseus que lhe perguntam com curiosidade: “Quando virá o reino de Deus?”. “Já veio – diz o Senhor – está no meio de vós!” é como uma pequena semente que é semeada e cresce sozinha, com o tempo. É Deus que a faz crescer mas sem chamar a atenção– explica o Papa: “O Reino de Deus não é uma religião do espectáculo, que sempre procura coisas novas, revelações, mensagens… Deus falou em Jesus Cristo: esta é a última Palavra de Deus. As outras são como fogos de artifício que te iluminam por um instante e depois, o que fica? Nada. Não há crescimento, não há luz, não há nada: um instante. Muitas vezes, somos tentados por esta religião … >> continuar a ler

Francisco encontra os excluídos do nosso sistema-mundo

O Papa Francisco recebeu em audiência, na manhã desta sexta-feira 11/11, na Aula Paulo VI do Vaticano, os cerca de … >> continuar a ler

Papa confirma visita a Fátima em 2017

A informação foi avançada pelo bispo auxiliar de Lisboa, que esteve com o Francisco no final da eucaristia que encerrou o Jubileu dos Catequistas, no Vaticano, no domingo O bispo auxiliar de Lisboa, Nuno Brás, disse esta quinta-feira que o Papa Francisco lhe confirmou que se deslocará a Portugal em maio do próximo ano, “mas a Fátima”, a propósito do Centenário das Aparições. Em declarações à agência Ecclesia, Nuno Brás contou que a confirmação foi dada no último domingo, quando cumprimentou o Papa no final da eucaristia que encerrou o Jubileu dos Catequistas, no Vaticano. “Eu irei, mas a Fátima” foi a afirmação que, segundo o bispo auxiliar de Lisboa, o Papa Francisco fez após lhe ter dito que os portugueses “estavam à espera dele”. “Ele respondeu-me que viria, mas a Fátima”, sublinhou. Assim sendo, Nuno Brás considera que a visita a Fátima pode ser dada como certa, “a não … >> continuar a ler

<< ver artigos anteriores
ver artigos seguintes >>

horarios

Horários

    Missas

    • Sábado
    • 17h (vespertina)
      19h
      Capela de St.º António
      Igreja Matriz
    • Domingo
    • 9h30
      11h30
      19h
      Igreja Matriz
      Igreja Matriz
      Igreja Matriz
    • Semana
    • 2.ª a 6.ª feira
      3.ª e 5.ª feira
      19h
      9h30

    Acolhimento

    • Para diálogo, Sacramento da Reconciliação ou aconselhamento espiritual.
    • 3.ª feira
      4.ª feira
      5.ª feira
      6.ª feira
      17h-18h30
      17h-18h30
      10h-11h30
      17h-18h30
    • Outros momentos, fora destes períodos, poderão ser combinados.

    Abertura/Fecho da igreja

    • De segunda a sexta:
    • 9h-12h 17h-19h30
    • Sábado:
    • 9h-12h 17h-20h
    • Domingo:
    • 9h-12h30 17h-20h
avisos

Informações