Notícias

Notícias da nossa Paróquia

Recitação do Terço | Capela do cemitério da Amadora

No próximo domingo, dia 5 de fevereiro, 1.º Domingo do mês, haverá recitação do Terço, na capela do cemitério da Amadora, às 16h.


Exposição do Santíssimo

No próximo dia 3 de fevereiro, primeira sexta-feira do mês, haverá Exposição do Santíssimo Sacramento, das 17h às 18h45.


+Jornada #12 | 21 e 22 janeiro 2023

Foi publicada este fim de semana a edição #12 da +Jornada.

Nesta edição poderá ler o testemunho da Sandra Mourisco, que também participou nas jornadas de 2016, em Cracóvia.

Saiba ainda como SER família de acolhimento, voluntário e/ou peregrino.

Ainda está a tempo: INSCREVA-SE!


Dezembro | Receitas e Despesas

No mês de dezembro de 2022 obtivemos um total de 8.546,67 euros de receitas, tendo feito face a 7.433,44 euros de despesas.

Às receitas, acresce o valor de 106.838,81 euros, correspondentes à comparticipação da Câmara Municipal da Amadora para as obras de pintura da igreja e da rampa de acesso ao salão paroquial, que se realizarão a partir de Fevereiro. A estes valores acrescem ainda e de 515 euros provenientes da banca do “Obrigado!”

Aos que generosamente têm entregado donativos, nas mais variadas formas, e, de modo particular, à CMA, pela sua generosa oferta, a gratidão de toda a Comunidade.


NOC | 27 janeiro 2023

Na próxima sexta-feira, dia 27, haverá Noite de Oração Comunitária pelas 21h30.

Entrada pela porta 25.


Agradecimento |Vicentinos

A Conferência Vicentina de N.ª Senhora do Rosário de Fátima agradece a todos os Paroquianos que contribuíram generosamente com donativos para os Cabazes de Natal.

Foram entregues 125 Cabazes de Natal (mais que em anos anteriores) a Famílias carenciadas, inscritas no cartório, as quais não são assistidas mensalmente com produtos alimentares.

Os Cabazes levaram: bacalhau, azeite, óleo, grão, arroz, massa, farinha, açúcar, conservas, salsichas, leite e chocolates. Foram entregues brinquedos a 470 crianças, das quais 114, no Bairro de St.ª Filomena, sendo filhos e netos das Famílias assistidas.


Peço-te, continua à procura

Epifania, festa dos buscadores de Deus, dos que estão longe, que se puseram a caminho atrás de um seu profeta interior, atrás de palavras como as de Isaías: ergue a cabeça e vê. Dois verbos belíssimos, ergue, eleva os olhos, olha para o alto e à tua volta, abre as janelas de casa ao grande respiro do mundo. E olha, procura uma fissura, um espaço de céu, uma estrela polar, e de lá interpreta a vida, a partir de uma perspetiva elevada.

O Evangelho narra a procura de Deus como uma viagem, ao ritmo da caravana, nos passos de uma pequena comunidade: caminham juntos, atentos às estrelas e atentos uns aos outros. Fixando o céu e os olhos de quem caminho ao lado, abrandando o passo segundo a medida do outro, de quem está mais fatigado.

Depois, o momento mais surpreendente: o caminho dos magos está cheio de erros: perdem a estrela, encontram a grande cidade em vez da pequena povoação; perguntam pelo menino a um assassino de meninos; procuram um palácio e encontram um casebre. Mas têm a infinita paciência de recomeçar. O nosso drama não é cair, mas rendermo-nos às quedas.

E eis que veem o Menino nos braços da mãe, prostram-se e oferecem-lhe presentes. O presente mais precioso que os magos levam não é o ouro, mas a sua própria viagem. O presente impagável são os meses passados à procura, andar e andar atrás de um desejo mais forte que desertos e fadigas. Deus deseja que tenhamos desejo dele. Deus tem sede da nossa sede: o nosso presente maior.

Entraram, viram o Menino e a sua Mãe e adoraram-no. Adoram um menino. Lição misteriosa: não o homem da cruz nem o ressuscitado glorioso, não um homem sábio de palavras de luz nem um jovem na plenitude do vigor, simplesmente um menino. Não é só no Natal que Deus é como nós, não só é o Deus connosco, mas é um Deus pequeno entre nós. E dele não se pode ter medo, e de um menino que se ama não pode haver distância.

Informai-vos com cuidado sobre o Menino, e depois transmiti-mo, para que também eu vá adorá-lo. Herodes é o homicida de sonhos ainda embrulhados em faixas, está dentro de nós, é o cinismo, o desprezo que destroem sonhos e esperanças. Gostaria de resgatar aquelas palavras da profecia de morte com que foram proferidas e repeti-las ao amigo, ao teólogo, ao artista, ao poeta, ao cientista, ao homem de rua, a cada um: encontraste o Menino?

Peço-te, continua à procura, cuidadosamente, na história, nos livros, no coração das coisas, no Evangelho e nas pessoas; continua a procurar atentamente, fixando os abismos do céu e os abismos do coração, e depois conta-mo como se conta uma história de amor, para que também eu vá adorá-lo, com os meus sonhos resgatados de todos os Herodes da história e do coração.

Ermes Ronchi


Obras de requalificação da Igreja

A Câmara Municipal da Amadora vai comparticipar a realização de obras de requalificação na Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Conceição da Amadora, com uma verba no valor de mais de 106 mil euros, o que equivale a 75% do custo total da obra. As intervenções a realizar na igreja compreendem a reabilitação e pintura das fachadas, a construção de rampa e a instalação de plataforma elevatória para acesso ao salão paroquial por parte de pessoas com mobilidade reduzida.

A Comunidade está profundamente agradecida à Câmara Municipal da Amadora pelo generoso contributo atribuído à Paróquia.

Esta comparticipação foi aprovada no dia 22 de dezembro, por unanimidade, em Assembleia Municipal. Por isso, só agora estarmos a dar conhecimento desta notícia a toda a Comunidade.

Um agradecimento, também, à Santa Casa da Misericórdia da Amadora que nos tem acompanhado neste processo, e à Pérola Lusa – Construções, que elaborou e ofereceu o projeto de arquitetura da rampa e proposta da plataforma elevatória.

Em breve serão fornecidas mais informações.


Terço na Capela do Cemitério

A recitação do terço na capela do Cemitério da Amadora, que habitualmente se realiza no
primeiro Domingo de cada mês, neste mês de janeiro é adiado para dia 8, às 16h30.


+Jornada #11 | 24 e 25 dezembro 2022

Foi publicada este fim de semana a edição #11 da +Jornada.

Nesta edição poderá ler o testemunho da Daniela, que participou nas jornadas de 2016, em Cracóvia.

Saiba ainda como SER família de acolhimento, voluntário e/ou peregrino.


<< ver artigos anteriores

horarios

Horários

    Missas

    • Sábado
    • 17h (vespertina)
      19h
      Capela de St.º António
      Igreja Matriz
    • Domingo
    • 9h30
      11h30
      19h
      Igreja Matriz
      Igreja Matriz
      Igreja Matriz
    • Semana
    • 2.ª a 6.ª feira
      3.ª e 5.ª feira
      19h
      9h30

    Acolhimento

    • Para diálogo, Sacramento da Reconciliação ou aconselhamento espiritual.
    • 3.ª feira
      4.ª feira
      5.ª feira
      6.ª feira
      17h-18h30
      17h-18h30
      10h-11h30
      17h-18h30
    • Outros momentos, fora destes períodos, poderão ser combinados.

    Abertura/Fecho da igreja

    • De segunda a sexta:
    • 9h-12h 17h-19h30
    • Sábado:
    • 9h-12h 17h-20h
    • Domingo:
    • 9h-12h30 17h-20h
avisos

Informações