Carta do Sr. Cardeal-Patriarca de Lisboa aos Párocos e às Comunidades Cristãs do Patriarcado

Rev.mo Senhorcardeal patriarca_01
Irmãos e Irmãs,

O nosso Ano Pastoral continua dinamizado pela vivência do Ano da Fé, convocado por Sua Santidade Bento XVI. O Papa Francisco, na simplicidade do seu testemunho de Pastor, veio acentuar este desafio de coerência com a Fé que recebemos como o mais precioso dom de Deus.

Para sermos fiéis a este chamamento, neste tempo pascal decidimos organizar uma Semana da Fé que terá início no dia 26 de Maio, Dia da Igreja Diocesana, e o seu termo na Solenidade e Procissão do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, pela primeira vez, este ano, celebrada não num dia santo de guarda, mas no Domingo 2 de Junho. É preciso que a Diocese, e sobretudo a Cidade de Lisboa, mostrem que o fim provisório, assim o esperamos, do Dia Santo do Corpo de Deus, não diminuiu o nosso amor à Eucaristia, adorada em procissão pelas ruas de Lisboa.

Os outros momentos fortes desta Semana da Fé serão:

* O Dia da Igreja Diocesana que contemplará, de modo especial, todos aqueles e aquelas que têm como missão proclamar a Fé. Espero, com a ousadia da esperança, que a Diocese convirja, nesse dia, para o Colégio dos Salesianos, em Manique, fazendo deste Dia da Igreja Diocesana o mais concorrido de todos.

* Uma conferência proferida por mim, a partir da Igreja de São João de Deus, no dia 30 de Maio, e que será transmitida para toda a Diocese, através do Site do Patriarcado.

* Apresentação de duas Exposições, para o grande público, sobre duas expressões da fé: na beleza e na arte, e na ajuda fraterna aos irmãos.

Porque a fé é uma peregrinação, encerraremos a celebração deste Ano da Fé, no dia 24 de Novembro, Solenidade de Cristo-Rei, com uma Peregrinação Diocesana a um Santuário Mariano da nossa Diocese, Nossa Senhora dos Remédios, em Peniche.

Para toda a Igreja, mas de modo especial para nós portugueses, a peregrinação da fé é sempre com Maria, indo ao encontro de Maria. Ela abrir-nos-á o coração ao mistério do Seu Filho, Jesus Cristo, sacramento do amor infinito que Deus nos tem.

Como vosso Pastor, quero ir à vossa frente, transformando a nossa vida com a novidade e a surpresa da fé.

Que Deus nos abençoe e nos dê a alegria de sermos o Seu Povo.

 Lisboa, 15 de Abril de 2013
† JOSÉ, Cardeal-Patriarca

+ ver todos os artigos +

horarios

Horários

    Missas

    • Sábado
    • 17h (vespertina)
      19h
      Capela de St.º António
      Igreja Matriz
    • Domingo
    • 9h30
      11h30
      19h
      Igreja Matriz
      Igreja Matriz
      Igreja Matriz
    • Semana
    • 2.ª a 6.ª feira
      3.ª e 5.ª feira
      19h
      9h30

    Acolhimento

    • Para diálogo, Sacramento da Reconciliação ou aconselhamento espiritual.
    • 3.ª feira
      4.ª feira
      5.ª feira
      6.ª feira
      17h-18h30
      17h-18h30
      10h-11h30
      17h-18h30
    • Outros momentos, fora destes períodos, poderão ser combinados.

    Abertura/Fecho da igreja

    • De segunda a sexta:
    • 9h-12h 17h-19h30
    • Sábado:
    • 9h-12h 17h-20h
    • Domingo:
    • 9h-12h30 17h-20h
avisos

Informações